O Amor Alimenta!

A semana mundial de aleitamento materno 2016 aconteceu de 01 à 08 de agosto, porém o Espaço Saúde realiza um trabalho com as puérperas, durante todo o ano!

Esse trabalho é feito através de ligações telefônicas logo após a alta hospitalar onde a mamãe receberá orientações fundamentais para o sucesso na amamentação. Ela poderá também tirar dúvidas e se necessário agendar um horário para ir pessoalmente ao Espaço Saúde, onde será assistida pela equipe de enfermagem.

Veja abaixo os depoimentos das mamães assistidas no projeto:

Leila Pires

Mesmo sendo colaboradora da São Lucas e conhecendo o Espaço Saúde e suas ações,  fiquei impressionada com o carinho e orientações que recebi sobre amamentação. Acredito que foi no "momento certo", pois no dia seguinte que cheguei da maternidade, recebi a ligação do Espaço Saúde. Eu me sentia bem e com muita alegria por tudo novo que estava acontecendo, nem havia percebido que um dos seios estava com uma leve fissura, somente com a ligação e com as perguntas que me fizeram que eu percebi que precisaria de cuidados. Fui orientada do que fazer e o que aconteceria nos próximos dias. Fiquei segura de como proceder e muito feliz por ter recebido a orientação no "momento certo", pois nos dias seguintes precisei utilizar as orientações. Esse é um momento especial, porém complicado na vida da mulher,  pode parecer sem importância, porém fez muita diferença nos meus dias, por isso amei receber esse carinho.

Angélica Nunes

Em 2013 conheci o espaço saúde pois resolvi que queria fazer a cirurgia bariátrica, estava decidida à emagrecer pois decidi que iria engravidar. Mas a minha gravidez aconteceu em 2015 com ajuda dos profissionais com alguns quilos a menos, durante a gravidez fui super bem assistida pelas meninas q sempre se colocaram a minha disposição. Já no final da gravidez insistiram para eu fazer  o cursinho de gestante, que imaginava que era uma chatice não fui na 1ª vez q foi marcado, Ângela me ligou com aquela calma querendo saber se algo aconteceu pois não compareci no primeiro cursinho q foi marcado pra eu ir em fevereiro, não tava muito interessada, mas no próximo mês em março eu fui fiquei encantada quanta coisa aprendi meu medo sobre o parto acabou, desde o começo da gestação pedia pra minha medica q fosse cesariana pois estava com medo de sentir dor, medo de não conseguir, mas o cursinho foi uma bênção me esclareceram tudo, cada mulher tem o tipo de parto que ela agüenta, ninguém vai ficar forçando algo impossível pra que possa fazer mal pra você seu bebê.

No dia 11 fui no hospital pois estava preocupada comecei a sentir uma dor no pé da barriga bem fraquinha e como já estava com 40 semana..  Fui atendida pelas Dras.  Kátia Cecchini e Dra Helen Bueno que já queriam que eu fosse pra o centro cirúrgico para uma cesárea, estava ali a hora de encurtar a tão esperada hora de ver minha princesa, mas perguntei pra elas? Minha bebê está sofrendo, tem algum risco? E a resposta foi que não,  está tudo bem, seu útero está maduro pra seu bebê sair. Então respondi que não iria fazer cesárea, mas iria tentar o parto normal, a não ser que tivesse algum probleminha pra mim ou pra minha princesinha.  E assim voltei pra casa e descansei. Por volta de 9:00h da noite a dor começou a ficar mas intensa , e as 4:30 da manhã fui pra o hospital, as 7:00h rompeu a bolsa e às 8:14h nasceu a riqueza de minha vida. Quase nasceu no quarto kkkkk quando fui pra casa foi à hora mais difícil; a amamentação, com os bicos machucados sangrando começou as cólicas minha bebê teve cólica desde o segundo dia de vida e com 4 dias de vida a dor era tanta q não queria mamar ai foi o desespero chorava de dor e fome juntos, meu peito duro de leite machucado e ela não queria pegar, liguei pra Ângela e agora o que eu faço? Fui até o Espaço Saúde chorando, quando cheguei lá, fui auxiliada por todos com muito amor e carrinho que uma mãe desesperada precisava, pois amamentar é lindo, mas dói e é complicado.

Descobrimos que era a posição, ela queria ficar de cavalinho e tudo voltou ao normal minha pequena continuou a mamar no peito e é toda esfomeada. Ângela sempre me liga pra saber como estamos e se estou precisando de auxilio em algo me dá dicas, ela é muito atenciosa, tenho muito a agradecer por todo amor, carrinho e dedicação que foi me dado por todos do Espaço Saúde.

Muito obrigada por poder deixar meu relato.

Suilan da Silva Lima

Fui muito beneficiaria com este curso, desde a minha gravidez até os dias de hoje. Sou mãe do Enzo Gabriel e durante minha gravidez, o curso de gestantes que eu e meu marido fizemos me ajudou muito, aprendemos a lidar com nosso bebe e com nossas duvidas e com a chegada dele se tornou mais fácil lidar com ele, com a alimentação e até o banho.

Fui muito bem orientada da importância da alimentação materna, no começo tive um pouco de dificuldade, mas não desisti e o Enzo só é alimentado com meu leite. Hoje ele tem 4 meses e pesa 6,900 quilos, tem uma saúde ótima.

No começo tinha duvidas, liguei para o Espaço Saúde onde fui muito bem atendida e me esclareceram um monte de coisas, até hoje quando acho que tem algo errado com ele, eu ligo e me orientam sobre o que eu preciso.

Indico a todas as mães a importância deste curso, muito bom mesmo. Eu e meu filho só temos a agradecer.

O Espaço Saúde é um local onde o beneficiário pode contar com todo o apoio de uma equipe de enfermeiras, psicólogas, nutricionistas entre outras especialidades. Conheça o Espaço Saúde:

Rua Fortunato Basseto, 157 em Americana.

(19) 3407-0099